7.png

Cotas


Negros

A Universidade de Brasília (UnB) foi a primeira federal a instituir o Sistema de Cotas para Negros, em junho de 2004. As cotas existem porque a universidade brasileira é um espaço de formação de profissionais de maioria esmagadoramente branca. Ao manter apenas um segmento étnico na construção do pensamento dos problemas nacionais, a oferta de soluções de torna limitada.

As políticas de ação afirmativa direcionadas à população negra têm como objetivo o enfrentamento de um quadro de desigualdades raciais, reconhecido pelo Estado brasileiro e observado na UnB.

Vinte por cento das vagas do vestibular são destinadas aos cotistas. Para ingressar na universidade pelo Sistema de Cotas para Negros, o candidato deverá ser negro, de cor preta ou parda (mestiço de negros) e optar pelo sistema. No vestibular, o interessado deve obter, no mínimo:

  • Nota maior que zero na prova de língua estrangeira;
  • 10% da nota na prova de Linguagens e Códigos e Ciências Sociais;
  • 10% da nota na prova de Ciências da Natureza e Matemática;
  • 20% da nota no conjunto das provas.

Os candidatos ao vestibular que optarem pelo Sistema de Cotas para Negros no ato da inscrição serão convocados para entrevista pessoal em data posterior à realização das provas de conhecimentos e anterior à divulgação do resultado final do processo seletivo.

Caso seja verificado pela Banca Entrevistadora que o candidato não é apto a concorrer pelo Sistema de Cotas, ele passará a disputar uma vaga oferecida pelo Sistema Universal. O candidato que já teve inscrição homologada no Sistema de Cotas em vestibulares anteriores está dispensado de participar da entrevista.

Índios

A comissão que implementou o Sistema de Cotas para Negros também foi responsável pelo convênio entre a UnB e a Fundação Nacional do Índio (Funai), assinado em 12 de março de 2004. Conforme o acordo, a cada semestre, dez indígenas aprovados em um teste de seleção ingressam na universidade. A oferta de cursos para esses alunos varia de acordo com as necessidades da tribo e a disponibilidade de vagas na instituição. A Funai oferece suporte de moradia aos indígenas e, em contrapartida, a UnB oferece apoio acadêmicos para que eles permaneçam na instituição.

Campus Universitário Darcy Ribeiro, Brasília - CEP 70910-900 - Telefone Geral (55 61)3107-3300
Copyright © 2008 Universidade de Brasília. Todos os direitos reservados.